Babilônia - Glossário

Alguns versículos contendo a tag 'Babilônia'
  • As pessoas avançaram em direção ao leste, descobriram uma planície em Sinear, na terra da Babilônia, e se fixaram ali. (Genesis:11:2)

  • Quando vi, entre os despojos, uma bela capa importada da Babilônia, dois quilos e quatrocentos gramas de prata e uma barra de ouro, pesando seiscentos gramas, cobicei-os e não resisti. Peguei tudo aquilo, cavei um buraco no chão da minha tenda. Coloquei a prata por baixo e o ouro e a capa por cima”. (Josué:7:21)

  • O rei da Assíria trouxe gente da Babilônia, de Cuta, de Ava, de Hamate e de Sefarvaim, e eles ficaram morando em Samaria e nas cidades vizinhas, em lugar do povo de Israel. (2 Reis:17:24)

  • Os que vieram da Babilônia adoravam as imagens do seu deus Sucote-Benote; os que vieram de Cuta adoravam o seu deus Nergal, e os homens de Hamate adoravam Asima. (2 Reis:17:30)

  • Esses homens que vieram da Babilônia adoravam o SENHOR, mas também adoravam os seus ídolos. E os seus descendentes até o dia de hoje fazem a mesma coisa. (2 Reis:17:41)

  • Nesse tempo, Merodaque-Baladã, filho de Baladã, rei da Babilônia, mandou representantes com saudações e um presente para Ezequias, porque soube da enfermidade do rei. (2 Reis:20:12)

  • Então o profeta Isaías foi ao encontro do rei Ezequias e perguntou: “O que esses homens queriam? De onde vieram?” “Vieram de longe, da Babilônia”, respondeu Ezequias. (2 Reis:20:14)

  • ‘Virá o tempo quando tudo o que existe neste palácio será levado para a Babilônia. Todos os tesouros de seus pais serão levados para a Babilônia. Não ficará coisa alguma’, diz o SENHOR. (2 Reis:20:17)

  • ‘Alguns dos seus próprios descendentes serão levados embora, e se tornarão eunucos para servirem no palácio do rei da Babilônia’ ”. (2 Reis:20:18)

  • Foi no reinado de Jeoaquim que Nabucodonosor, rei de Babilônia, atacou Jerusalém. Jeoaquim teve de entregar-se e pagar um imposto ao rei da Babilônia durante três anos, mas depois ele se rebelou contra Nabucodonosor. (2 Reis:24:1)

  • O rei do Egito nunca mais saiu das suas fronteiras, pois o rei da Babilônia ocupou toda a região, desde o ribeiro do Egito até o rio Eufrates, que antes o Egito possuía. (2 Reis:24:7)

  • Foi durante o seu reinado que os exércitos de Nabucodonosor, rei de Babilônia, cercaram a cidade de Jerusalém. (2 Reis:24:10)

  • e o rei Joaquim, todos os seus oficiais e sua mãe se entregaram a Nabucodonosor. A rendição foi aceita, e Joaquim ficou preso na Babilônia. Isso aconteceu no oitavo ano do reinado de Nabucodonosor, rei da Babilônia. (2 Reis:24:12)

  • Nabucodonosor levou para a Babilônia o rei Joaquim, suas esposas, seus oficiais e sua mãe. (2 Reis:24:15)

  • Então o rei de Babilônia nomeou Matanias, tio do rei Joaquim, para ser o próximo rei, e mudou o nome dele para Zedequias. (2 Reis:24:17)

  • Assim o SENHOR, em sua ira, finalmente lançou para longe da sua presença o povo de Jerusalém e de Judá. Então o rei Zedequias se rebelou contra o rei de Babilônia. (2 Reis:24:20)

  • O rei Nabucodonosor, da Babilônia, reuniu todo o seu exército e cercou a cidade de Jerusalém, chegando ali no décimo dia do décimo mês do nono ano do reinado de Zedequias em Judá. Eles acamparam fora da cidade e construíram rampas de ataque ao redor da cidade. (2 Reis:25:1)

  • Zedequias foi levado para Ribla, onde foi julgado e condenado perante o rei da Babilônia. (2 Reis:25:6)

  • Eles executaram os seus filhos diante dos seus olhos, depois vazaram os seus olhos, e ele foi amarrado com correntes e levado para a Babilônia. (2 Reis:25:7)

  • Nebuzaradã, o comandante da guarda real, chegou a Jerusalém, vindo de Babilônia, no sétimo dia do quinto mês do décimo nono ano do reinado de Nabucodonosor. (2 Reis:25:8)